quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Chico Buarque é atacado no Leblon por suas posições políticas

Chico Buarque é atacado no Leblon por suas posições políticas

Chico Buarque saía de um jantar no Leblon quando foi cercado por um grupo de jovens que o questionaram por causa de suas posições políticas. Apesar da truculência dos agressores, o cantor e compositor permaneceu calmo e rebateu as provocações com ironia
Chico Buarque Leblon cercado jovens
Chico Buarque foi cercado na noite da última segunda-feira no Leblon, Zona Sul da cidade, onde reside., por um grupo de jovens que se declararam ‘antipetista’. O cantor e compositor, que tem posições políticas assumidamente de esquerda, defendeu o Partido dos Trabalhadores (PT).
Chico saía de um jantar no restaurante Sushi Leblon, localizado na Rua Dias Ferreira, acompanhado do cineasta Cacá Diegues e do escritor e jornalista Eric Napomuceno.
Entre os agressores que abordaram o ícone da mpb estava o filho de Alvaro Garnero, empresário paulista. Herdeiro de uma família trasdicional, Alvaro se filiou ao PRB e cogitou ser candidato a deputado federal.
No vídeo com cerca de 1 minuto (assista abaixo), um dos jovens grita: “Petista, vá morar em Paris. O PT é bandido”. Em resposta, Chico diz, em tom de voz controlado: “Eu acho que o PSDB é bandido, e aí?”.
Apesar da agressividade dos jovens, Chico permaneceu calmo e ironizou a posição política do grupo, dizendo que “com base na revista Veja, não dá para se informar”. Um dos agressores, então, replica: “A minha opinião é a minha opinião”.
com informações de Glamourama e Revista Fórum

Nenhum comentário: