domingo, 8 de janeiro de 2012

NEM SEMPRE O QUE PARECE É. TODO MUNDO CONDENA.

Temos a péssima mania de julgar de pronto as pessoas, se condena facilmente.
Recentemente dois casos chamaram atenção.
O primeiro, foi um acidente onde um militar atropelou e matou um agente de trânsito municipal (guarda). Encontrado no veículo drogas e garrafa de bebida, de imediato a população e a imprensa, passaram a condenar o acusado, falaram que estava bêbado e drogado. RESUMO: exame do IML apontou que o rapaz acusado estava limpo.
O segundo, foi a divulgação de um vídeo feito por celular, onde aparece uma adolescente fazendo sexo com vários rapazes, em um presídio. De novo todo mundo a imprensa, bateram no Governo Estadual, um absurdo, uma vergonha. RESUMO: o vídeo é de 2009, filmado em uma casa no bairro do Guamá e nada tem a ver com o cárcere.
Não podemos acreditar de imediato no que sai nos jornais e é divulgado na TV, fruto de apelo popular por audiência, barata e desqualificada, apelam para o fantasioso e por notícias sem o mínimo de credibilidade.
Uma vez ferido em sua honra, esta marca nunca desaparecerá.
Em regra as notícias acusatórias ganham grande destaque, mas a verdadeira, após apurados os fatos, quando muito aparecem em poucas linhas, escondidas nas páginas dos jornais, mas aí já é tarde demais.

Um comentário:

Carlos Zahlouth disse...

A Carla não perdeu tempo em baixar a ripa no Jatene. Parece que aquele caso da escola em SP não serviu de vacina.