sexta-feira, 24 de abril de 2009

TST indica representantes da Justiça do Trabalho no CNJ

Em sessão extraordinária encerrada há pouco, o Pleno do Tribunal Superior do Trabalho escolheu os três representantes da Justiça do Trabalho no Conselho Nacional de Justiça para o próximo biênio. Os indicados são o ministro Ives Gandra Martins Filho, representante do TST; o juiz Nelson Tomaz Braga, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (RJ), representante dos TRTs; e a juíza de primeiro grau Morgana de Almeida Richa, titular da 15a Vara do Trabalho de Curitiba (PR). O presidente do TST, ministro Milton de Moura França, parabenizou os eleitos e todos os magistrados que concorreram ao pleito. “Foram mais de 30, entre magistrados de primeiro e segundo graus”, informou. “Os nomes foram objeto de análise criteriosa, tendo sido ressaltado o perfil e os predicados de cada um dos candidatos. Lamentavelmente, havia somente três vagas, o que resultou na impossibilidade de escolha de outros nomes – todos aptos a representar a Justiça do Trabalho no CNJ.” O ministro Ives Gandra Filho, em seu nome e no dos demais eleitos, agradeceu a confiança e afirmou que “pretende honrá-la”.

Nenhum comentário: