sábado, 17 de janeiro de 2009

A tecnologia dentro do carro do homem mais influente do mundo


A partir da semana que vem, dia 20 de janeiro, quando Barack Obama assumir o trono americano, um Cadillac se tornará o carro mais procurado, fotografado e invejado de todo o mundo.
Sim, o veículo presidencial terrestre será um Cadillac One. Mas, o turbinado Obamamóvel, apesar da carcaça clássica, consome tecnologia do tanque aos pára-lamas. E tem pretensões de tanque de guerra.
Comecemos pelo final; a traseira, onde se aloja o armazenador de combustível. Tratando-se de liderança americana, o imaginável se torna real: proteção máxima ao petróleo. Encouraçado, o tanque promete conservar-se intacto a maior das colisões, blindando qualquer choque ou atrito que possa causar uma explosão.
Os vidros, obviamente, são à prova de balas e todo o carro (não riam!) é seguro contra armas químicas. Obama curtirá o conforto do banco de trás, enquanto o chofer, treinado pela CIA, guia o trambolho pelas condições mais adversas. Somente a janela do motorista se abrirá – três polegadas, apenas.
O condutor terá, à disposição, câmeras de visão noturna na frente do carro. Para aumentar o clima iraquiano, canos espalhados pelo carro funcionarão como arma que disparam gás lacrimogêneo. “Nossa, mas e se nada disso puder defender o pobre Obama?”, você deve estar perguntando.
Tudo bem, afinal, há diversos tubos com o sangue do presidente armazenados, caso ele necessite de uma transfusão de sangue. E também um “botão de pânico”, caso a excelência passe por algum perigo de vida.
Exigências presidenciaisBarack Obama, para dar um toque pessoal a sua estadia na imensidão do Cadillac, quis que fosse instalado um tocador de CD com capacidade para dez discos. Nem tão tecnológico assim.
No seu assento, porém, ele terá acesso a um desktop, um laptop com wi-fi, um telefone-satélite e uma linha direta com o vice-presidente e com o Pentágono. Além de um centro de comunicação interna para conversar com motorista (ou com os quatro passageiros cabíveis) e ver informações do GPS.
A GM, responsável pela construção do modelo, se recusa a dar detalhes de desempenho das peças para manter a segurança do presidente ainda mais vigente. Porém, alguns detalhes, como pudemos perceber, já são conhecidos.
O Obamamóvel atinge cerca de 96 quilômetros por hora, velocidade que atinge em 15 segundos.
Os agentes do Serviço Secreto já se familiarizaram com a máquina, pois participaram de alguns testes do veículo que apelidaram carinhosamente de The Beast, ou A Besta.
A primeira volta de Obama com A Besta acontecerá na terça-feira, na Pennsylvania Avenue, em Washington, logo depois de sua apresentação oficial. O carro de guerra acompanhará o presidente em todas as suas viagens, nacionais e internacionais.

Nenhum comentário: