sábado, 17 de janeiro de 2009

Israel já matou mais em Gaza que no Líbano

da Folha de S.Paulo
O número de palestinos mortos por Israel em três semanas de operação militar contra o Hamas na faixa de Gaza superou nesta sexta-feira (16) a quantidade de libaneses mortos pelas mesmas forças ao longo dos 34 dias de ataque em 2006.
Entre o início da ofensiva sobre Gaza, há 22 dias, e ontem, ao menos 1.157 palestinos foram mortos, de acordo com o Ministério da Saúde local.
A investida israelense contra o Hizbollah, entre 12 de julho e 14 de agosto de 2006, deixou 1.109 libaneses mortos --dados da Human Rights Watch.
O número de feridos entre os inimigos dos israelenses também é mais alto no atual confronto. Segundo as mesmas fontes ao menos 5.100 palestinos estão nessas condições hoje --no Líbano, foram registrados 4.399 feridos.
A quantidade de vítimas fatais do lado israelense no atual embate, 13 (sendo três civis), corresponde a menos de 10% das baixas registradas na última grande ação em que os israelenses se envolveram. Em 2006, o país teve 120 militares e 43 civis mortos.
A quantidade de mortos em Gaza ainda deve subir. Ontem, por exemplo, durante o período de trégua humanitária, foram localizados 23 pessoas mortas na véspera. Após um cessar-fogo, a expectativa é de mais corpos serem achados --a exemplo do que ocorreu no Líbano.

Nenhum comentário: