domingo, 14 de setembro de 2008

TAM vai permitir uso de celular em vôos a partir de 2009

da Folha de S.Paulo, no Rio
A TAM informou que, a partir do segundo semestre de 2009, oferecerá um sistema de telefonia por celular a bordo nos vôos para a América do Sul.
Segundo a empresa, o início das operações depende da aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Além disso, será necessário adaptar a legislação que autoriza o uso de celular somente enquanto as aeronaves estão em solo de portas abertas.
O primeiro passo para a liberação do uso de celulares em aviões foi dado em abril, quando a União Européia anunciou a liberação em espaço aéreo europeu a partir do segundo semestre deste ano.
Segundo a TAM, a companhia será a primeira a oferecer o sistema no continente americano. O serviço de telefonia móvel a bordo foi criado pela OnAir --joint venture da Airbus e da Sita, uma organização que desenvolve tecnologia de ponta para aviação. A escolha foi feita após dois anos de avaliação.
O mecanismo é seguro, diz a TAM, pois impede que o sinal dos aparelhos cause interferência nos comandos da aeronave.
Desde o fim de maio, é possível fazer ligações para celular em estações da linha 2-verde do metrô de São Paulo.

Um comentário:

zahlouth disse...

American Airlines amplia acesso à internet em vôos
da Associated Press, em Nova York
da Folha Online

A American Airlines ampliou o acesso à internet em seus vôos, permitindo o uso da rede em alguns de seus trajetos mais longos e sem escalas. A medida pode criar novas fontes de renda para a indústria de aviação, que sofre com problemas como o aumento no custo dos combustíveis --o serviço vai custar US$ 12,95 por vôo no Boeing 767-200, em rotas entre Nova York, Los Angeles, San Francisco e Miami.

"Hoje a época de ficar fora do resto do mundo enquanto se está em um vôo ficaram para a história", afirmou Jack Blumenstein, executivo-chefe da Aircell LLC, a empresa que fornece serviços de internet para a American Airlines e outras companhias.

O sistema, entretanto, vai bloquear ligações de telefone feitas pela internet. O objetivo é impedir que as ligações atrapalhem outros passageiros. O acesso a sites pornográficos não será bloqueado --a empresa diz que já tem políticas para tratar de passageiros indisciplinados e isso agora inclui aqueles que acessam sites adultos.

Em abril deste ano, a a Comissão Européia --braço executivo da UE (União Européia)-- aprovou o uso de celulares em aviões comerciais que sobrevoem os países do bloco. Sistemas que permitem essa conexão ainda estão em fase de estudo ou teste.

Segundo a decisão da UE, para oferecer o serviço, as companhias aéreas têm de criar um sistema de rede celular a bordo que se conecte à terra por meio de satélite. Ao mesmo tempo, a tecnologia terá de impedir a ligação direta dos telefones com as redes de telefonia.

Há empresas aéreas, entretanto, que se opõem à adoção de um sistema como esse. É o caso da alemã Lufthansa, que afirma que não vai adotar a tecnologia em razão de pesquisas internas mostrarem que seus passageiros não precisam ou não querem usar o celular durante os vôos.