sábado, 27 de setembro de 2008

Leilão do TRT negocia apenas 54% dos lotes

O leilão da Justiça do Trabalho realizado ontem, às 8 horas, no Depósito Público do Fórum Trabalhista de Belém, localizado na travessa. Manoel Evaristo, conseguiu compradores para 106 dos 195 objetos que disponibilizou, ou seja, 54% do total do acervo. Para quem desejava ganhar uma renda extra, começando o próprio negócio, tinha como opção adquirir alguns dos bens disponíveis. Entre os bens leiloados estavam ônibus, eletrodomésticos, computadores, impressoras e até mesmo chapas para sanduíche e grill. O evento tinha como objetivo solucionar os processos trabalhistas com o pagamento dos reclamantes, empregados que prepuseram ações em busca de seus direitos.
Os objetos que não foram leiloados permanecem no depósito público a espera de novo leilão. Os leilões do Depósito Público do Fórum Trabalhista de Belém são periódicos, sendo realizados todos os meses. Para participar e arrematar um bem é necessário primeiramente cadastrar-se como arrematante no site do TRT da 8ª Região, ou diretamente na Central de Atendimento de Belém ou ainda em qualquer um dos Serviços de Distribuição no Fórum, levando carteira de identidade e CPF. Aqueles que já são cadastrado basta apresentar sua carteira de identificação.
Após o cadastramento, os participantes poderão fazer visitas ao local do leilão para verificar os bens que estão disponíveis das 8h às 8h30 da manhã, na data do evento. Depois basta esperar a abertura do lote dos bens de interesse para fazer a oferta. Este já é o nono leilão realizado apenas este ano pelo órgão.
Fonte: O Liberal

Nenhum comentário: