terça-feira, 24 de junho de 2008

Justiça do Trabalho promove a 1ª semana da conciliação no Estado


O Liberal - Edição de 24/06/2008
Conciliar as partes envolvidas e evitar mágoas entre empregador e empregado. Este é o objetivo da primeira edição da Semana da Conciliação da Justiça do Trabalho da 8ª Região. As audiências de conciliação serão realizadas até o dia 27 deste mês, quando a Justiça chama as partes envolvidas no processo para um possível acordo como a melhor saída para por fim a um conflito.
A conciliação é uma prática diária na JT8, mas foi impulsionada pelos resultados obtidos na Semana Nacional da Conciliação, ocorrida no ano passado. Nos cinco dias de campanha nas unidades trabalhistas dos Estados do Pará e Amapá, foram efetuadas 2.276 audiências, com 900 conciliações celebradas, ou seja, uma média de 39,54%. A soma dos valores obtidos com os acordos celebrados entre as partes, foi de R$ 5.722.935.73, sendo recolhidos para o Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS - R$ 532.626,34 e mais de 3.500 pessoas foram atendidas nas 45 Varas do Trabalho da 8ª Região. Carlos Zahlouh Júnior, juiz federal do Trabalho, destacou a importância da conciliação para as partes envolvidas. 'É uma forma de resolver a situação sem brigas e sem demora, pois o acordo evita que o resultado seja decidido através de uma sentença, que apenas uma das partes vai sair ganhando. Na conciliação é possível encontrar um acordo que beneficie os dois lados e, com isso, evitam-se mágoas entre a empresa e o ex-empregado. A Justiça do Trabalho sempre se baseou na conciliação, pois é a melhor saída para por fim a um conflito', explicou o juiz federal.
O autônomo Ronaldo Souza chegou à audiência disposto a entrar em acordo, pois há mais de um ano vem tentando resolver a situação junto à Justiça do Trabalho. 'Confesso que no começo não concordei com a conciliação, mas hoje já penso diferente, pois é um processo cansativo e lento. O juiz explicou as vantagens em se chegar a um acordo e estou disposto a resolver isso hoje mesmo', comentou o autônomo. Para este primeiro semestre de 2008 estão programadas audiências em todas as Varas da JT8, além de conciliação em Recurso de Revista, isto é, em processos tramitando em segundo grau.

Nenhum comentário: