segunda-feira, 28 de abril de 2008

Tribunal de Londres coloca processos históricos na internet

da Ansa, em Londres
O histórico tribunal londrino de Old Bailey, palco de processos penais da Inglaterra e principalmente da capital britânica, chega à era da internet e inaugura nesta segunda-feira (28) um arquivo virtual com mais de 210 mil documentos. O acervo digitalizado (oldbaileyonline.org) cobre um arco de tempo desde 1674 até 1913, colocando os processos a um clique de pesquisadores ou dos curiosos de todo o mundo.
Além dos casos relativos a pessoas completamente desconhecidas, também estão na rede os escândalos de celebridades --como o processo por homossexualidade do escritor Oscar Wilde, que causou polêmica na sociedade na época, ou o caso do Doutor Hawley Harvey Crippen, famoso por matar a mulher e enterrá-la no jardim, tentando fugir depois com a amante, disfarçados de marinheiros.
"A partir de hoje, pessoas do mundo inteiro podem visitar gratuitamente o site e estudar os detalhes de um vasto número de crimes: do furto ao roubo, do seqüestro ao homicídio", diz o professor Robert Shoemaker, coordenador do projeto realizado em parceria com as universidades de Sheffield e Hertfordshire e a Open University.
O arquivo virtual contém mais de 120 milhões de palavras e 195 mil imagens, número recorde no Reino Unido para uma base de dados relativa à vida cotidiana da população. "A história está cheia de informações sobre reis, rainhas e guerras, mas não nos diz nada sobre a cotidianidade das pessoas comuns", avalia Tim Hitchcock, co-diretor do projeto.
Justamente por isso, afirmam os organizadores, o arquivo de Old Bailey se torna uma verdadeira mina de ouro para os estudiosos interessados.

Nenhum comentário: